terça-feira, 30 de outubro de 2007

Tudo diferente

Diante de um longo período de inquietações, deparei de repente com a tão desejava paz. Uma tranqüilidade buscada nas últimas semanas, procurada em apuros, sem quaisquer vestígios de sucesso.
Sem espera, ela reapareceu, numa noite de clima agradável, depois de um belo dia. Chegou descortinando, limpando nuvens escuras do meu céu, clareando pensamentos e idéias obscuras.
Lá fora tudo parecia estar igual. A noite seguia no mesmo ritmo de sempre, rumo à madrugada. Mas aqui dentro havia a sensação de que tudo estava absolutamente diferente.




nuvem passageira

Um comentário:

Paula F disse...

Amiga!!to sempre lendo teu blog,..continua escrevendo.