quinta-feira, 11 de outubro de 2007

Você

Eu não queria escrever sobre você, nem lembrar da sua existência. Adoraria esquecer todas suas lindas frases, ditas em momentos perfeitos. Talvez tivesse sido melhor não ter aberto espaço para conversas e risos. Não devia ter escutado suas aventuras, foi ali que percebi a existência de um moleque com um coração incrível, por trás daquele homem decidido. Quem sabe se você não insistisse, em me olhar tão profundo. Se não tivesse me dito tudo aquilo que eu sempre quis ouvir, tentando me conquistar. Talvez hoje eu não estaria escrevendo sobre você.


Mas escrevo pra tentar te entender. Me pergunto sobre o sentimento que dizia ser único na sua vida. Porque ligo o rádio, ouço uma música que me faz lembrar você. Enquanto caminho pelas ruas te vejo em cada detalhe da cidade. Quando penso na próxima estação, é você que chega, dominando todos os outros pensamentos. Escrevo para encontrar explicações sobre todas suas atitudes irrefletidas.


Mesmo sem compreender, escrevo pois você faz parte permanente dos meus pensamentos, e não consigo fingir para mim mesma, que nada aconteceu.

Nenhum comentário: