sexta-feira, 21 de dezembro de 2007

Gosto

Não sei o que me faz gostar
Simplesmente gosto
Sem ordenar esforços
Se revela uma mescla de sentimentos
Timidez, medo, loucura, atração, paz
Que me perturba e me acalma
Sem mencionar palavras
Ou frases precipitadas
Surge uma afeição
Deixando todas as explicações pra lá
Pois num só olhar, fica fácil compreender
Que gosto sem precisar revelar.

Nenhum comentário: