domingo, 2 de março de 2008

Siga a sua alegria

Faça o que você tem vontade. Fique com as pessoas que te fazem bem. Procure pelo que te agrada, esteja onde gosta. Trabalhe com o que te traz prazer, ouça aquilo que te emociona.
Veja quem faz você sentir frio na barriga. Abrace quem consegue te acalmar, beije quem deseja, converse com quem te entende, fale o que sente. Se conseguir tudo isso com uma única pessoa, sinta-se privilegiada, e agradeça.
Não se preocupe tanto com seus defeitos, com suas feiuras, gorduras e com seus problemas. Dando muita atenção a eles, só irão aumentar. Todos tem ou já tiveram algum problema.
Olhe para o lado e veja que você não é a pior. Você é única. Você também não é melhor que ninguém. No fundo, bem no fundinho, todos somos muito parecidos em nossos sentimentos, há uma diferença somente na intensidade.
Não tente ser igual a outra pessoa. Ao invés de perder tempo com inveja, dedique-se a se conhecer melhor. Quando se descobrir, vai adorar ser você mesma.
Coma muita batata frita e chocolate, beba até ficar no brilho, ria até chorar, faça uma aventura, converse com seu cachorro, brinque com uma criança, durma mais ou durma menos, às vezes é bom sair do habitual, fazer sempre a mesma coisa cansa. Exagere de vez em quando.
Tenha fé. Acredite que vai superar uma desilusão, uma dor da ausência, que vai vencer um desafio, que vai conseguir o que deseja, que vai curar uma ferida, que vai chegar onde sonhou.
Tenha amigos, valorize sua família. Veja as coisas boas que estão a sua volta, pare para olhar o céu, enxergue as belezas da vida.
Importe-se com os outros. Não faça a eles o que não gostaria que fizessem com você, experimente tratar as pessoas como gosta de ser tratada, respeite as diferenças.
Siga fazendo aquilo que te faz sorrir e deixe pra trás o que te aflige. Fique com quem te provoca um sentimento desconhecido, aquela coisa boa sem explicação.
Leia o que te impulsiona, o que te abre a novas ideias. Escute gente experiente, procure aprender com tudo que vê, com tudo que ouve. Filtre as informações, algumas não te acrescentam muito.
Procure viver da melhor maneira, da sua maneira, sendo sempre você mesma. Confie em algumas pessoas, creia nos sentimentos bons e nos valores das pessoas.
Não leve essas palavras como conselhos. Na verdade são apenas alguns pensamentos soltos. Esqueça cada frase lida, menos essa que não é de minha autoria: Siga a sua alegria.

4 comentários:

Antonio disse...

Afinal viver é seguir suas própias emoções e sentir a realidade lah fora. Às vezes é melhor sentir um frio muito forte ao um calor acochegante. A intensidade de um arrepio vem tannto da força de um vento como de um sussurro ao ouvido.

Muito legal o teu texto, gostei muito. Tu consegue usar as palavras expressando tuas idéias e teus sentimentos de uma forma diferente, que toca quem lê
Bjuus
Apareçam por lah pra agente toma umas cevas bem geladas e joga conversa fora...hehehe

Anônimo disse...

Fiquei emocionada!! Lindíssimo o texto, com um conteúdo leve e ao mesmo tempo completo. De maneira simples e ao mesmo tempo recheada de verdades, você, que com muito orgulho posso dizer, minha amiga, novamente transborda alegria e otimismo para as pessoas ao seu redor.

Por essas e por outras e é sempre um prazer te escutar e dividir contigo todas as emoções!

Muitos beijos
Débora de OLiva Silva

Christian disse...

Teu texto é tão natural quanto a tua beleza e não vai aqui rasgação porque isso tu deves escutar diariamente mas é que ao ler o texto consigo te ver mesmo sem te conhecer mas a fundo! Parabéns pela tua dupla naturalidade, a de ser e a de escrever!
Até mais!

Jefferson Bernardes disse...

parabéns !
vc se expressa atrvés das palavras com tremenda facilidade que nos cativa ao lê-las.