sábado, 22 de março de 2008

O mundo que eu queria

Um lugar mais lindo, mais tranquilo
Onde as coisas fossem diferentes
Mas o amor continuasse e se fortalecesse

Os povos se unissem
As pessoas se ajudassem
A fé nos iluminasse e protegesse

Que conseguissemos entender aquelas coisas
Que nem mesmo a ciência explica

Que o sol nascesse
Com a mesma intensidade para todos


Que os problemas, tivessem solução
Os nossos erros, fossem aprendizagem
Os defeitos, aceitos
Que a desigualdade, se rompesse
A miséria, não fosse mais tormento
Para todos aqueles
Que já passaram ou passam por ela

Que a liberdade
Não possuisse barreiras
As pessoas, não tivessem segundas intenções
Nem maldade, em seus corações

Que a consciência, não tivesse o porquê pesar
Que a bondade, o amor e a alegria
Fossem mais importante
Do que a ganância, poder, dinheiro ou maldade.

E que o sorriso de todos os seres humanos
Fossem verdadeiros
Como o de uma criança.

(O mundo que eu queria e acreditava que pudesse existir, em 2004)

Nenhum comentário: